CINTHIA CARLOS

Hipnoterapeuta OMNI
 

Quem sou

"Sabemos muito pouco o que nós somos e menos

ainda o que podemos ser" (Lord Byron)

Durante 25 anos da minha vida eu tive um buraco emocional no meio do peito e tentei preenchê-lo de várias formas, tais como, relacionamentos, carreira, comida... Ainda assim, nada era suficiente para preencher esse vazio.

Através do meu processo de Hipnoterapia pude perceber que nada que viesse de fora me preencheria além de mim mesma.

Descobri que podia deixar de viver os sonhos alheios para viver enfim meus próprios sonhos, caminhos, carreira.

Hoje posso dizer que me sinto maravilhosa sendo uma ferramenta de mudança na vida de pessoas, tocando a vida delas como fui tocada um dia, para que todos que cheguem até mim possam também florescer e tornarem-se a melhor versão de si mesmos.

Percebi ao longo de uma vida de buscas incessantes, inúmeras terapias, diversas religiões, que mesmo que a cada etapa eu não me sentisse completamente livre eu tinha que continuar, não desistir de mim foi o presente mais precioso que me dei e cada coisa que fiz nessa vida buscando ser alguém melhor foi como subir um novo degrau até o topo que me vejo hoje.

Encontrei meu caminho de resinificação no que faço hoje, se você também acredita que já sofreu o suficiente e está disposto a fazer qualquer coisa para se sentir livre e ter uma vida que faça sentido, eu posso te ajudar.

Este processo se trata de você poder se libertar de tudo que não é seu, essa programação torta que não te representa, para que você possa ter o poder de escolher, de realmente escolher quem você vai ser.

Quer entender melhor como eu posso te ajudar?

 

Atendimentos Presenciais

Atendimentos Presenciais
 

O que é a Hipnoterapia

Você sabia que nosso subconsciente tem a capacidade de armazenar todas suas experiências? Tudo que você vê, ouve e sente.
Porém cada uma das suas experiências vem ligada a uma emoção.
Isso significa que você armazena essas memórias não necessariamente
como ocorreram, mas como foram percebidas .


Por exemplo, uma criança recém nascida acorda e chora. Ninguém vem pegá-la. Ela se sente só e abandonada.
Na verdade a mãe estava no banho e não pode pegá-lo naquele momento. Ou seja, a criança não está só nem abandonada, mas a emoção foi forte o suficiente para ficar gravada. Anos mais tarde o pai se atrasa para pegá-la

na escola.


A mente subconsciente arquiva essa memória no mesmo departamento: solidão e abandono. Isso acontece porque para ela é muito importante

se “lembrar “ dessa emoções e evitá-las.
Esses departamentos vão ficando abarrotados até que culminam em sintomas sérios como depressão, Fobias, Síndrome do Pânico entre
outras coisas.

 
 

EM BREVE NOVOS EVENTOS!

 
 

Entre em contato

Seus detalhes foram enviados com sucesso!